Um pouco de economia – eleição.

Um dos principais pontos a serem considerados para a decisão da escolha de um governante deve ser o aspecto econômico. Independente desta luta de classes fomentada por alguns, nenhum país e consequentemente classe social ou região sai ganhando com uma economia em recessão. Este debate promovido pela globo news é bastante interessante para elucidar as visões de cada candidatura. Infelizmente ou felizmente não sei dizer, só confirmei o que já vinha vendo e falando sobre a atual política. Também em momento algum vi ou ouvi o que relatam “jornalistas” a respeito do anti-pobre. Realmente para ver o que falam precisa estar igual ao agente Fitz que conversa diuturnamente com a agente Simmons (Agents of S.H.I.E.L.D.), coisa de esquizofrênico mesmo.

Segue o link do debate:

Até mais ver!!

Anúncios

O papel dos bancos públicos na visão do governo.

Blog do Mansueto Almeida

Em diversas entrevistas ao longo do mês de setembro, a presidente candidata Dilma falou que as criticas da oposição ao crescimento dos bancos públicos significaria que, se a oposição ganhar a eleição, os subsídios terminariam, o que ocasionaria juros mais elevados e redução do investimento em infraestrutura.

Claro que isso é mentira, o tipo de propaganda enganosa que reduz um debate sério e importante, que precisamos fazer, a uma mentira de campanha eleitoral. Vamos ao debate real. Há pelo menos quatro problemas em relação a forte expansão da dívida pública bruta para emprestar para bancos públicos.

Primeiro, os bancos públicos são importantes para o crescimento do Brasil, mas não o uso que o governo faz desses bancos, que levou a um crescimento da divida pública bruta e da dívida dos bancos junto ao Tesouro de 0,5% do PIB, em 2007, para 10% do PIB hoje. Essa aumento da divida só…

Ver o post original 825 mais palavras